André Torelly - NEWS

Uma pequena lembrança de minha passagem por um dos meus lugares favoritos, La Paloma, Uruguai.

Imagens retiradas do meu ultimo programa 1 Remo uma Busca.

Não vejo a hora de voltar para esse lugar que tanto gosto, um dos motivos principais que gosto tanto de lá são a segurança, a qualidade da comida, as ondas e claro os alfajores...

 

Vídeos

Dia de treinar com meu novo modelo Torelly's Carbon 2016.

Hoje testei a Model 1 6'7" x 27" nas ondas da prainha em Torres litoral norte gaúcho, fiquei muito feliz com desempenho da prancha e acredito que futuramente será usada por muitos atletas.

A prancha é como se eu estivesse surfando com uma 7'7", manteve uma ótima flutuação, e muito solta nas manobras. 

Muito feliz com o resultado do lançamento da Torelly's Carbon 2016.

Este modelo totalmente futurístico já estará no próximo guia de pranchas do site supclub.com.br e na revista fluir Stand up.

Aqui vocês podem ver o resultado do novo anuncio.

Torelly's Carbon é uma linha de pranchas de stand up, desenvolvidas pelo atleta e shaper Andre Torelly, inspiradas nos novos modelos futurísticos de pranchinhas de surf.

Ao retirar o excesso do bico, transforma a prancha mais compacta e menor, perdendo até 1 pé (35cm) em sua medida, imagine para quem usa uma prancha tradicional 9' pés, irá usar uma 8' pés, e para avançados uma 7'7" se transformará em uma 6'7", o design dela com curvas mais paralelas e o fundo com uma canaleta do bico até a rabeta faz essa prancha ser muito veloz, comparada com outros modelos.  

O bloco em EPS e laminação em resina Epoxi deixa essa prancha com um peso inacreditável, as tiras de carbono são colocadas em pontos estratégicos no bloco, nas bordas para deixar mais resistente contra batidas de remo e impactos fora e dentro da água, e no centro para deixar mais rígida e ter mais controle nas manobras de impacto.

O Model 1 tem a rabeta trabalhada com a união de duas rabetas Swallow, fazendo a união transformar em uma round no centro, deixando a prancha estável nas cavadas e solta nas manobras.

O model 2 tem a Rabeta Squash, deixando a prancha mais segura para ondas maiores, mas funciona muito bem em condições pequenas também.

Os pedidos para esses modelos estão demorando de 20-25 dias para o prazo de produção, e o envio é feito para todo território nacional e Uruguai.

Em meu 7º episódio para o programa 1 remo uma busca no canal Travel Box Brazil 79 GVT, fiquei isolado em um secret spot na Costa Rica na espera de minha tão sonhada onda, depois vivi momentos inesquecíveis pelo País, surfando em picos alucinantes com altas ondas.

Para quem quiser ver essa minha experiencia, é só acompanhar o vídeo. 

Vídeos

Já no ar meu 5 Episódio de 1 Remo uma Busca.

Neste Episódio eu viajo para Ushuaia, extremo sul da Argentina, em uma aventura explorando o Canal Beagle e o Lago Fagnano, sendo pioneiro nestes dois lugares.

O programa é exibido no canal Travel Box Brazil 79 - GVT.

Vídeos

Já está no ar meu 4º episódio no Canal Travel Box Brazil - 79 GVT.

Neste programa mostro minha viagem de carro saindo de Porto Alegre, passando pelo Uruguai, Argentina e Cordilheira dos Andes, tudo em busca de uma onda solitária no sul do Chile.

Dias inesquecíveis e muita aventura você pode ver neste programa.

Vídeos

Esse é o 3º episódio editado por mim, para a 2º temporada de meu programa 1 Remo uma Busca, onde mostro toda minha aventura pelo Equador em busca de ondas perfeitas.

Particularmente foi uma de minhas melhores viagens e maiores experiências, onde pude viver realmente com o povo local e conhecer toda sua cultura.

Vídeos

Esse é o segundo programa editado por mim, para produção da primeira temporada do programa 1 Remou ma Busca no canal Travel Box Brazil da GVT - 79.

Onde mostra minha viagem de Bike e Sup pela costa Uruguaia, uma aventura que começamos no Chuí e percorremos 400km até Punta Del Este, passando por Forte de Santa Tereza, Punta Del Diablo e La Paloma, o áudio e algumas imagens serão alteradas para ficar com uma melhor qualidade, mas vocês já podem ver por aqui como foi essa Trip.

 

Vídeos

Neste episódio de 1 remo uma busca, viajei para Costa Rica novamente, com o objetivo principal de surfar as ondas mais longas de minha vida em Pavones.

Este programa viajo por Tamarindo, Playa Negra, Avellanas, Junquillal, Dominical e Pavones, e foi produzido para a 2ª temporada do meu programa 1 Remo uma Busca no canal 79 da GVT o Travel Box Brazil.

Vídeos

Pavones está situado no extremo sul da Costa Rica,  fica a 400 km da capital San José e é praticamente divisa com o Panamá, este paraíso na America Central foi a minha escolha para mais uma Sup trip. É um pequeno povoado que tem a 2°onda de esquerda mais longa do planeta, para que a máquina de ondas  comece a funcionar, é necessário uma ondulação vinda de sul , são ondas intermináveis, em seus dias épicos você poderá surfar ondas de mais de um minuto.
Para o Stand up é um paraíso, existem alguns "locais" com mais idade, na realidade americanos que optaram viver sua aposentadoria por lá,  que trocaram a pranchinha por um sup, e quando as ondas aparecem, eles fazem a festa, dando um show correndo ondas longas e mostrando estarem em ótima forma.   
 
As pousadas são chamadas de Cabines, são muito poucas na região e tem o custo entre U$ 25 e U$ 60 por dia, e as refeições variam entre U$ 8 e U$ 25 nas poucas opções de restaurantes e bares que o local oferece. Pavones parece uma pequena vila de pescadores, com 2 mercados, um campo de futebol, uma lojinha de surf, uma loja de artesanatos e uma pequena delegacia. 
 
Algumas dicas sobre Pavones:
SupSurf - Para surfar com poucas pessoas, chegue 2 dias antes do swell, você irá surfar com pouquíssimas pessoas na água, mas no dia que estiver no auge, pode ter certeza que terá muita gente vinda de todo o país para dividir o lugar com você, mas tem onda para todo mundo, pois a onda é muito longa, e é dividida em 3 seções, para passar todas seções e pegar a onda da vida é necessário acelerar bastante por isso muitos acabam caindo ou não completando a onda até o fim, fazendo muitos surfarem a mesma onda.
O fundo é de pedra e areia, mas não é uma pedra afiada, são arredondadas iguais as pedras de rio, entrar e sair do mar deve-se ter cuidado para não bater as quilhas ou machucar a prancha.
 
Remadas - Para os dias sem ondas, o visual da remada é alucinante, a água  é transparente e você enxerga o fundo e a beleza da praia é incrível.
 
Gasolina - Se for de carro abasteça na última cidade chamada Rio claro em Golfito, pois lá você não encontra gasolina, mas caso precise abastecer, o pequenos mercados vendem gasolina, mas com o preço bem mais caro que os postos normais.
 
Moeda- A moeda é o Colón - Costa Riquenho, mas em todos os lugares aceitam o dólar, mas cada lugar com uma cotação, em média 500/525 colones valem 1 dólar, o ideal é trocar o dólar em bancos ou câmbios, pois não irá perder dinheiro, no momento o país está bem caro devido a valorização do dólar para o brasileiro.

Costa Rica é Pura Vida:

Estou de volta nesse País incrível que é a Costa Rica, em busca de lugares perfeitos para a prática de Stand up Paddle e preparar mais um documentário.

Na minha primeira parada nesse paraíso da America Central, escolhi a região de Tamarindo, por ter muitas praias com ondas de ótima qualidade, boa comida e um visual de perder o fôlego. 

Tamarindo tem muitos hotéis e pousadas com diárias variando de U$ 40 até U$ 200 para duas pessoas,  minha escolha foi o hostel Back Packers, com quarto compartilhado para 8 pessoas, U$ 15 por dia, site : tamabackpackers.com

Aqui tem diversos tipos de restaurantes, a média de preços é U$10 um fast food, e restaurantes com comidas típicas de U$ 20 - U$ 40. 

As principais praias da região são:

- Playa de Tamarindo, localizada bem no centro da cidade, é perfeita para quem quer aprender a surfar ou remar de stand up, com ondas muito pequenas, facilitando a aprendizagem, existem diversas escolas no local.  

 - Avellanas, localizada a 12 km ao sul de Tamarindo, o acesso é de chão batido e as ondas são melhores, de ótima qualidade, com fundo de pedras e areia, em dias de maré seca deve-se tomar cuidado.

- Playa Negra, localizada a 6 km ao sul de Avellanas, é uma das principais praias da região, ondas mais fortes, o fundo é de pedra, uma onda para surfistas mais experientes.

Agora estou me preparando para ir para o extremo sul do País, quero conhecer a 2º onda de esquerda mais longa do mundo,  chamada Pavones.

Não poderia estar mais feliz com meu projeto 1 Remo uma Busca, no próximo mês irá virar programa de televisão, o Canal Travel Box Brazil irá mostrar 12 episódios de minhas viagens pelo mundo divulgando o Stand up Paddle, na sua grade Travel Shot, gostaria de agradecer a todos meus apoiadores pela execução do projeto Wolv Sup, BrazzosSilverbay, Wetdreams, SupClub BrasilMochilando e vem mais um novo projeto por ai...para quem quer conhecer o canal ai vai página do canal: https://www.facebook.com/travelboxbrazil