André Torelly - NEWS

O body surf está crescendo muito no Brasil, esporte muito praticado no Hawaii e Califórnia agora está com um grande número de adeptos no País.

Com isso tive uma grande vontade de voltar a criar novos design não somente de pranchas de surf e stand up, mas de Handplanes também, acabei criando vários modelos que vocês podem ver em em minha loja virtual, entre outros modelos de outros shapers como da Eco Board e Pato.

Mas o que é o Body surf ou Handplane?

É nada mais nada menos que o famoso "Jacaré', surf de peito, mas com uma pranchinha de madeira e um par de pé de patos, que qualquer pessoa pode praticar, e é impressionante o condicionamento físico que ele proporciona.

Para saber um pouquinho mais da história desse esporte entre em meu blog www.surfhandplanes.blogspot.com e veja lá alguns vídeos interessantes.

                                                        

Está cada vez mais difícil de prosseguir vários projetos paralelos, com meus treinos e convites para provas em todo Brasil, no momento estou muito querendo finalizar o meu projeto 1 Remo uma busca, onde falta viajar para Marrocos e Alaska, dois lugares que quero muito conhecer, e ao mesmo tempo vejo uma paixão ficando cada vez maior e mais difícil de controlar o River sup, a adrenalina que essa categoria proporciona é exatamente o que buscava, neste esporte, e poder explorar lugares novos também para o sup em corredeiras está virando uma obsessão.

Sei que posso levar o Stand up Paddle para um lado muito mais radical, podendo descer corredeiras de classe 5, estou em forte treinamento em 3 Coroas, que é considerado uma das corredeiras mais técnicas do País, para poder chegar mais longe, e ainda treinar para a prova do brasileiro que acontecerá em Foz de Iguaçu no Paraná em outubro.

Acabo de receber da Brazzos, empresa que produz pranchas Infláveis, a prancha Brazzos Andre Torelly, design desenvolvido por mim, e a primeira prancha para corredeiras no País, ter uma empresa investindo assim, é uma felicidade muito grande, essa prancha estará para venda no Brasil em Dezembro deste ano, e logo vocês poderão ver fotos e vídeos desta prancha por aqui.

------------------------------------------------------------------------------ Google Translate:

It is increasingly difficult to pursue various side projects, with my training and invitations to events throughout Brazil, at the moment I'm really wanting to finish my project 1 Paddle a search where lack travel to Morocco and Alaska, two places that I really want to know , and while I see a passion getting bigger and harder to control the sup River, the adrenaline that this category provides exactly what is sought in this sport, and also be able to explore new places to sup in rapids is turning one obsession. 

 

I know I can take the Stand up Paddle for a much more radical side, can be lowered 5 rapids of class, I am in strong training in 3 Crowns, which is considered one of the most technical rapids of the country, to be able to reach further and further training for the test to be held in the Brazilian Foz do Iguaçu in Paraná in October. 

 

 

I just received the Brazzos, which produces inflatable surfboards surfboard Brazzos Andre Torelly, design developed by me, and the first board to rapids in the country, having a company investing, it is a great happiness, this board will be for sale in Brazil in December this year, and then you can view photos and videos of this board here.

 

                                                                       

                                                                       

 

 

 

 

Muito feliz em receber meus novos modelos da Wolv de Handplane, esse esporte é muito antigo o surf de peito, só que agora está voltando com tudo com o uso de uma pranchinha de madeira totalmente artesanal.

Para conhecer mais sobre esse esporte é só entrar nesse blog www.surfhandplanes.blogspot.com 

Esse final de semana estarei indo para o Uruguay para fazer fotos e filmagens para Wolv com os Handplanes espero que seja divertido!!

                                                                 

 

                                                                      

No dia 16 fiz uma curta viagem para o Uruguay, em busca de um swell de sul que estava para chegar na Costa.

Infelizmente peguei o final do swell e ele passou reto chegando somente ondas de meio a 1 metro de altura com boa formação.

Mas o Surf foi produtivo e consegui fazer uma boa evolução, agora volto para o Brasil e continuo no planejamento da faze final de meu projeto, que ainda falta Marrocos e Alaska, e volto aos treinos de River Sup e Sup Race. 

------------------------------------------------------------------------------------------------

On the 16th I made a short trip to Uruguay, in search of a south swell that was coming in Costa. 

Unfortunately I caught the end of the swell coming and it went straight through the waves of only 1 meter tall with good training. 

But the Surf was productive and able to make good progress, now back to Brazil and continue planning the final faze of my project, which still lack Morocco and Alaska, and back to training  River Sup and Sup Race.

                                                          

 

                                                          Los Botes Photo: Mariane Guimarães

 

                                                         

                                                          Los Botes Photo: Mariane Guimarães

                                                         

                                                          Los Botes Photo: Mariane Guimarães

                                                            

                                                          Anaconda Photo Mariane Guimarães

 

 

Esse final de semana, fiz mais um treino nas corredeiras de 3 Coroas, é uma corredeira muito Técnica, exige muita experiencia para descer de sup, a segurança foi feita por uma das principais empresas de rafting da região, a Extreme Rafting, onde o responsável André me auxiliou em tudo.

Este lugar despertou em mim, uma adrenalina que fazia tempos que não sentia, e com certeza irei começar a me dedicar bastante nessa categoria de stand up paddle.

As fotos foram tiradas de minha Gopro.

 

                                                           

                                                           

 

 

 

Neste mês tive a felicidade de estar na maior revista de esportes Outdoor do Mundo, a Go Outside.

A matéria foi um Perfil, onde contei um pouco de meus projetos Ultra Paddle Run e Um Remo uma Busca, e também um pouco de minha história como atleta, com certeza foi um dos maiores reconhecimentos como atleta até hoje sair em uma revista como essa.

Neste link você pode ver a matéria completa :http://gooutside.uol.com.br/2888

 

Na edição nº 9 foi a estreia minha coluna na revista Fluir Stand up, onde passo minhas dicas de viagem, na minha primeira matéria escrevi sobre como acomodar sua prancha em suas viagens, quanto sai em média para levar nas companhias aéreas e tudo para levar seus equipamentos no avião.

Para saber mais é só comprar a revista nas bancas...

 

Minha ida para o Andes, foi bem complicada, pois Uspallata a cidade no qual ficaria hospedado para minha descida do Rio Mendoza, é o ponto principal para quem vai fazer a fronteira dos países Argentina e Chile, eu estava vindo do Chile com uma previsão de nevasca nas montanhas da região, e a possibilidade de ficar preso no Chile para uma liberação de pista devido a neve era grande, passei no limite ás 7 da noite, onde 30 minutos depois a pista foi fechada, e quem não passou ficou no lado chileno.  

                                                         

O frio estava grande nos Andes, fui muito bem recebido no Hostel de Nico, chamado Samadi, no centro da cidade, tudo estava armado para o primeiro river sup na região.

No dia 1 de maio de 2014 eu seria o primeiro a descer as corredeiras de stand up paddle, e com a ajuda do meu novo amigo Nico, no qual me ajudou mostrando os melhores lugares para minha descida.

                                                           

 

São várias descidas que a região possibilita, de 8, 15 e 25km, o rio tem uma beleza incrível e desemboca em lugar calma do dique Potrerillos.

Para quem tem interesse em conhecer essa região, tem 2 possibilidades, ou pegar uma avião até Mendoza na Argentina e ir de carro alugado até Uspallata, onde são uns 150km de distância ou ir para Santiago do Chile, onde fica 250km de carro, tendo que fazer a fronteira, são 2 opções para chegar até essa cidade no coração dos Andes.

                                                           

                                                           

Um lugar muito bom para ficar é o Hostel na cidade chamado Samadi, onde o proprietário se chama Nico, o lugar tem uma cozinha comunitária e vários quartos com calefação, você pagará em torno de 12 dólares, ou ficar em um hotel em média ira sair 30 dólares.

A cidade é bem pequena, e existe muitos atrativos turísticos na região, muitas opções de alimentação também.

Foi um lugar mágico que conheci, e fico muito feliz em desbravar mais este local. Logo mais o vídeo dessa aventura estará aqui...

-----------------------------------------------------------------

My trip to the Andes, was very complicated because Uspallata town which would be hosted on my descent to the Rio Mendoza, is the main for those who will make the border of Argentina and Chile, countries point, I was coming from Chile with a prediction snowfall in the mountains of the region, and the possibility of being trapped in Chile for a release of the track because the snow was great, I went out at 7 in the evening, where 30 minutes later the track was closed, and who was not spent on the Chilean side.

The cold was great in the Andes, was very well received at Hostel Nico, called Samadhi, in the city center, everything was set for the first sup river in the region.

On May 1, 2014 I would be the first to descend the rapids of stand up paddle, and with the help of my new friend Nico, which helped me showing the best places for my descent.

Several descents that enables the region of 8, 15 and 25km, the river has an incredible beauty and quiet place empties into the dike Potrerillos.

For those interested in knowing the region, has 2 possibilities, or catch a plane to Mendoza in Argentina and go to Uspallata rented car, where are some 150km away or go to Santiago, where is 250km drive, having to make the border are 2 options to get to this town in the heart of the Andes.

A very good place to stay is the Hostel in the city called Samadhi, where the owner is called Nico, the place has a communal kitchen and several rooms with heating, you'll pay around $ 12, or stay in a hotel will average out $ 30.

The town is very small, and there are many tourist attractions in the area, plenty of power too.

It was a magical place that I met, and I am very happy to clear more this location.

 

O sul do Chile é incrível, com suas paisagens lindas, ondas perfeitas e longas, e o mais importante sem ninguém.

Fiquei em surf camp na praia de Maguillines, e pude viver uma experiência fascinante naquele lugar, pois fiquei sozinho eu e os cachorros que estavam no local, surfei ondas geladas, porém era o único naquelas esquerdas perfeitas.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Southern Chile is amazing, with its beautiful landscapes, perfect long waves, and most importantly no one. 

I was in a surf camp on the beach in Maguillines, and I could live a fascinating experience that place, because I was alone and the dogs that were in place, surfed icy waves, but those were the only perfect lefts.

                                                                         

                                                                         

                                                                         

Foram 2 dias de ondas boas, e o swell começou a baixar rapidamente, teria 2 opções ou procurar ondas ao norte do País, que iria sair do meu projeto completamente, pois meu principal foco era ir para Patagônia, ou voltar para os Andes e fazer uma descida de river sup histórica na região, no Rio Mendoza que corta as Cordilheiras dos Andes.

Confesso que desde que passei em minha ida, não tirei o local de minha cabeça, um povoado lindo, calmo, e com um potencial incrível de river sup, acredito que lá será o próximo destino.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

There were 2 days of good waves and swell began to decline rapidly have 2 options or seek waves north of the country, which would come out of my project completely because my main focus was to go to Patagonia, or return to the Andes and make a descent of historical sup river in the region, the Mendoza River that cuts through the Andes Mountains. 

I confess that since I passed on my way, not take the place of my head, a beautiful town, quiet and with incredible potential sup river, I believe there will be the next destination.